O Campeão do Mundo que afinal não era Campeão do Mundo

O Velopata seguia flagelando suas pernas ao longo do reconhecido segmento strávico "Califórnia-Salir", uma brutal subida de um vírgula vinte e cinco quilómetros de extensão onde a local sinaléctica de trânsito indica uns horríveis dez por cento de inclinação, o Strava indica apenas nove (muito melhor!), no entanto, ele não conseguiu deixar de reflectir como …

Continue lendo O Campeão do Mundo que afinal não era Campeão do Mundo

Dia Mundial do Piquenique Enlatado

Foi na véspera de mais um dia santo velopático, conhecido pelos comuns mortais como o feriado de Primeiro de Maio, que o Velopata, sentindo aquela depressão pré-pedalada que o atinge sempre que observa os mapas strávicos, procurando e desenhando percursos já tantas outras vezes percorridos, uma vã demanda de novas estradas e alcatrão, que a mensagem de …

Continue lendo Dia Mundial do Piquenique Enlatado

Arades e Sobreires – um longo sábado de treino

O Velopata acordou com aquela sensação de vazio cerebral, bafo capaz de trucidar o mais formoso dos malmequeres e a barba molhada, fruto da baba que muito provavelmente escorria devido ao sonho de uma pedalada montado numa lindíssima Cannondale Synapse toda montada em Ultegra. Verdade seja escrita, aquilo não foi bem acordar. Assemelhou-se mais a …

Continue lendo Arades e Sobreires – um longo sábado de treino

Eu continuo a não estar aqui. Isto continua a não acontecer.

O trio Velopata, Srª Velopata e Velopatazinho passeava pela capital algarvia do desenfreado consumo e capitalismo sem lei que é o Fórum Algarve, quando a Srª Velopata decidiu levar o Velopatazinho até uma de entre as muitas lojas de roupa para fêmeas, mais ou menos machos e infantes, conseguindo o Velopata escapulir-se para uma dose …

Continue lendo Eu continuo a não estar aqui. Isto continua a não acontecer.