Carta de uma mendiga do pedal

Quando leres esta carta, já não serei a mesma. Escrevo-a no altar onde agoro repouso inerte mas não consigo esquecer que foi aí mesmo que tantas vezes festejámos este amor. Não vou mentir - isto está a custar muito mais do que esperava. Vejo ali as malas, malinhas, mochilas e mochilinhas do Bikepacking já arrumadas …

Continue lendo Carta de uma mendiga do pedal

Um conto de arrepiar

Tómané acordou como em tantos outros fins de semana acordara; tomou um pequeno-almoço suficiente para fazer marchar toda uma legião romana e... - Ó Velopata, ma´ que raios de maneira de começar um conto é essa? - reclamará o mui querido e cheio de razão leitor. Era uma vez. Assim é que é. Era uma …

Continue lendo Um conto de arrepiar

Consultório Sentimental Velopático

No decurso dos já quase dois anos de existência deste espaço de referência velocibernético, um abundante número de mui queridos leitores (é impossível um Velopata conseguir precisar os números correctos por entre os milhares de milhões), tem aproveitado toda a sabedoria, experiência, magnificiência e coiso deste vosso companheiro, palhaço e amigo do duro circo que é a vida …

Continue lendo Consultório Sentimental Velopático

Divisão Velopata – Pedale por onde pedalar, a carocha há-de vir no São João

"Ó Velopata, porque haveis desaparecido dos registos do nosso clube do Strava, na semana de dia nove a quatorze do mês de Julho do ano de Nosso Senhor Joaquim Agostinho?" Isto foi o que vós não haveis questionado, mui queridos leitores. O Velopata, esse vosso companheiro, palhaço e amigo deste duro circo que é a vida …

Continue lendo Divisão Velopata – Pedale por onde pedalar, a carocha há-de vir no São João

Chave Dicotómica para identificação de clientes de lojas velocipédicas – Parte II

Esse Natal, época festiva que à semelhança de outras é velocipédicamente cognominada de época de engorda, foi bom? Muitas prendas boas no sapatinho de encaixe? Mimaram as vossas máquinas, fiéis montadas, corcéis de carbono de alto módulo? Claro que sim, o Velopata nem espera outra coisa de quem gasta o seu precioso tempo neste nosso …

Continue lendo Chave Dicotómica para identificação de clientes de lojas velocipédicas – Parte II