A tomada da Mítica EN2 – parte II

Se algum dos mui habituais seguidores deste espaço velocibernético visse o Velopata, enquanto ele mais ou menos se sentia a rebolar pelos corredores do humilde estabelecimento de pernoita com uma só estrela, felizmente Michelin, jamais alguém acarditaria que ele era efectivamente o Velopata, esse mundialmente famoso Ciclista de compleição somali pontuado com anorexia nervosa, escassos minutos em antes de se lançar …

Continue lendo A tomada da Mítica EN2 – parte II

Anúncios

Divisão Velopata – Em Março cada dia chove um pedaço

Tum! Tum! Tum! "O que é isto?" - balbuciou uma atordoada Srª Velopata, agora acordada no sofá do casal velopático por tão estranho som proveniente das profundezas do lar. Tum! Tum! Tum! A inquieta Srª Velopata alevantou-se do sofá e procurou a fonte de tamanho ruído. Encontrou o Velopata prostado sobre as nobres montadas que repousavam nos …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Março cada dia chove um pedaço

Uma polémica… Aero

A notícia caíu no mundo internético com mais estrondo do que o provocado por um míssil norte-coreano. O heterónimohomónimocoiso do Velopata adquiriu umas barras de guiador aero. De imediato choveram saudações e felicitações batráquias na caixa de comentários deste vosso compincha do pedal; por alguma alucinada razão, estas Testemunhas de Batráquio, seres que passam grande parte da …

Continue lendo Uma polémica… Aero

TCR

"Aí está, já arrancaram!" - exclamou um Velopata extasiado enquanto observava o monitor do seu pc. "Quem é que já arrancou? Qu´é isso?" - questionou a Srª Velopata, observando também ela o monitor do pc mas não entendendo nem partilhando o claro entusiasmo do Velopata. "Começou a Transcontinental Race! Arrancaram agora de Geraardsbergen!" "Carlsberg o quê? Não vejo nada, …

Continue lendo TCR

Final da Análise anual velopatóide

Abatido. Cabisbaixo. Murcho. Engripado. Adjectivos que descrevem o estado atual do Velopata. Nem tempo tem para os rolos tem e o Cangalho já deu sinal; assim como numa relação conjugal as fêmeas arruínam o tantra queixando-se de falta de atenção, o mesmo ocorre com as bicicletas. Ao mínimo sinal de menor atração pela dureza do selim …

Continue lendo Final da Análise anual velopatóide