Let´s talk about Se…

Em antes de iniciar as hostilidades, o Velopata deve, desde já, deixar uma nota ao mui querido leitor; se aqui vindes em busca de uma publicação subordinada à prática do Amor Bom, podeis ir tirando a Bicicletinha da chuva. Segurança. Nome feminino. Acto ou efeito de segurar. Qualidade do que é ou está seguro. Conjunto …

Continue lendo Let´s talk about Se…

Algarvia 2020

Os habitantes de Faro, nunca esquecendo que se és de Faro és farense, dificilmente continham o entusiasmo ante a visita da quadragésima sexta edição da Volta ao Algarve no que seria o arranque da terceira etapa na sua cidade, mui importante evento velocipédico decorrido no último dia vinte e um de Fevereiro deste ano de …

Continue lendo Algarvia 2020

Isto não são Fake News

Uma lista de escaldantes notícias, provenientes das mais fidedignas fontes às quais o Velopata teve acesso exclusivo. Não têm de quê.   Portugal terá uma equipa de Ciclismo World Tour Uma bombástica notícia que deixará os mais ferrenhos adeptos desse desporto menor que é a bola à beira de um fanico quiçá até arriscando-se o …

Continue lendo Isto não são Fake News

Uma Escapadela Altimétrica – parte II

O Velopata comandava a Estrela Vermelha serra acima, a Torre já iminente no horizonte. O nosso querido astro brilhava pleno no alto mas a Temperatura não era sufocante. O eterno inimigo vento frontal, fraco ou ausente, sintoma de que a rameira do São Pedro ainda devia dormitar. R.p.m após r.p.m., o Velopata aproximava-se do objectivo de …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – parte II

Eu não estou aqui. Isto não está a acontecer.

I´m not here. This isn´t happening. Thom Yorke dos Radiohead in How to Disappear Completely, álbum Kid A   666. Diz a cultura apostólica evangelista católica greco-romana coiso (e também berravam esganiçadamente os Iron Maiden), que seiscentos e sessenta e seis é o número da Besta. Como o mui querido leitor por esta hora já estará farto de saber, …

Continue lendo Eu não estou aqui. Isto não está a acontecer.

A Odisseia Algarvia 2017: A Maldição da Figueira – parte II

De estômagos carregados de fatias douradas e pastéis de nata, hidratados com limonada fresquinha e excitados com cafeína, também ela fresquinha, com a motivação ao rubro pela carta da queridíssima Lioness of Porches, a horda velopática deixou o Germano Biciarte Café para trás, lançando-se em direção ao IC1. Um Itinerário Complementar, no vulgo IC, designa …

Continue lendo A Odisseia Algarvia 2017: A Maldição da Figueira – parte II