Episódio 1 – A Origem do Mal

PROJECTO BINA EPISÓDIO 1 - A ORIGEM DO MAL O ano é 800 A.J.A. Isto é, Antes de Joaquim Agostinho. Um qualquer ermo serrano, abandonado de toda e qualquer proximidade com o que se aparentasse com civilização, num tempo em que as vacinas ainda não provocavam autismo, o 5G não espalhava vírus, não se tinha …

Continue lendo Episódio 1 – A Origem do Mal

Let´s talk about Se…

Em antes de iniciar as hostilidades, o Velopata deve, desde já, deixar uma nota ao mui querido leitor; se aqui vindes em busca de uma publicação subordinada à prática do Amor Bom, podeis ir tirando a Bicicletinha da chuva. Segurança. Nome feminino. Acto ou efeito de segurar. Qualidade do que é ou está seguro. Conjunto …

Continue lendo Let´s talk about Se…

Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Se palavra existe que descreve o que foi este mês de Julho no seio da elite velocipédica do mais grandioso clube strávico que é a Divisão Velopata, essa palavra é... Revelação. Desde a revelação da existência de mais um marafado por terras de Sua Majestade Brexitiana, que com alergias e asma e maleitas e doenças é capaz …

Continue lendo Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Carta aberta ao M.A.I.

O anúncio foi feito com toda a pompa e circunstância a que semelhante decisão governativa obrigava; tendo em conta o número de acidentes graves, acidentes menos graves, colisões, cacetadas, porradas, atropelamentos, caos generalizado e evidências de uma mortandade geral nas estradas portuguesas, o M.A.I. (Ministério da Administração Interna), apresentou uma nova proposta de lei que …

Continue lendo Carta aberta ao M.A.I.

A Odisseia Algarvia 2017: A Maldição da Figueira – parte II

De estômagos carregados de fatias douradas e pastéis de nata, hidratados com limonada fresquinha e excitados com cafeína, também ela fresquinha, com a motivação ao rubro pela carta da queridíssima Lioness of Porches, a horda velopática deixou o Germano Biciarte Café para trás, lançando-se em direção ao IC1. Um Itinerário Complementar, no vulgo IC, designa …

Continue lendo A Odisseia Algarvia 2017: A Maldição da Figueira – parte II

Velopasseiosummitcoiso 2017

Dezembro já se vislumbra no horizonte trazendo consigo o final de mais um ano velocipédico que, para alguns dos atletas de baixa competição seguidores deste espaço velointernético, se traduz no pós-época. Para outros, nomeadamente os mais acérrimos defensores do ressabianço, esse mesmo mês marca o arranque da sua pré-época. Mas outros há ainda, como é …

Continue lendo Velopasseiosummitcoiso 2017