Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

- Tenho quase a certeza, a subida para a Torre pela Covilhã está fechada ao trânsito hoje. A dura realidade das palavras proferidas pela Senhora do Hotel atingia Velopata e Agente da Autoridade Anónimo (AAA), com a potência de um soco no estômago, faces torcidas em esgares que qualquer transeunte connoisseur o identificaria - aquela …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

Anúncios

Uma Escapadela Altimétrica – parte II

O Velopata comandava a Estrela Vermelha serra acima, a Torre já iminente no horizonte. O nosso querido astro brilhava pleno no alto mas a Temperatura não era sufocante. O eterno inimigo vento frontal, fraco ou ausente, sintoma de que a rameira do São Pedro ainda devia dormitar. R.p.m após r.p.m., o Velopata aproximava-se do objectivo de …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – parte II

Divisão Velopata – Maio que não der carochada, não dá coisa empenada

Bom dia, tarde ou noite, de acordo com a hora a que o mui querido leitor está assentado no trono (que outro lugar se revelará mais adequado à apreciação do que um Velopata escrevinha?), deslizando seus olhos por estas linhas. Seja bem-vindo a mais uma publicação velopática dedicada à análise mensal da crème de la crème da velocipedia strávica, a …

Continue lendo Divisão Velopata – Maio que não der carochada, não dá coisa empenada

Este país não é para… ebikecoisas

Bicicleta. Substantivo feminino. Do avec, bicyclette. Velocípede de duas rodas com igual diâmetro, propulsionado pela força do operador ao accionar um sistema de pedais que actua sobre uma corrente. Mais ou menos in Diccionário Priberam da Língua Portuguesa.   Inicialmente, o Velopata acarditou que os seus bonitos olhos castanho-esverdeados o traíam. Depois foi inundado com aquela sensação …

Continue lendo Este país não é para… ebikecoisas

N.R.I.J.D.V.C.B.B.

Apenas dois sons enchiam o ambiente. Aquela respiração ofegante, própria de quem tenta a todo o custo gladiar com a incansável gravidade, simultâneamente lutando para que um pulmão não salte pelos cantos da boca, e o miserável metrónomo de uma lastimável cadência que há muito tinha perdido o seu vigor - era o conhecido Efeito Malhão; …

Continue lendo N.R.I.J.D.V.C.B.B.

A tomada da Mítica EN2 – parte II

Se algum dos mui habituais seguidores deste espaço velocibernético visse o Velopata, enquanto ele mais ou menos se sentia a rebolar pelos corredores do humilde estabelecimento de pernoita com uma só estrela, felizmente Michelin, jamais alguém acarditaria que ele era efectivamente o Velopata, esse mundialmente famoso Ciclista de compleição somali pontuado com anorexia nervosa, escassos minutos em antes de se lançar …

Continue lendo A tomada da Mítica EN2 – parte II

Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Se palavra existe que descreve o que foi este mês de Julho no seio da elite velocipédica do mais grandioso clube strávico que é a Divisão Velopata, essa palavra é... Revelação. Desde a revelação da existência de mais um marafado por terras de Sua Majestade Brexitiana, que com alergias e asma e maleitas e doenças é capaz …

Continue lendo Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Divisão Velopata – Pedale por onde pedalar, a carocha há-de vir no São João

"Ó Velopata, porque haveis desaparecido dos registos do nosso clube do Strava, na semana de dia nove a quatorze do mês de Julho do ano de Nosso Senhor Joaquim Agostinho?" Isto foi o que vós não haveis questionado, mui queridos leitores. O Velopata, esse vosso companheiro, palhaço e amigo deste duro circo que é a vida …

Continue lendo Divisão Velopata – Pedale por onde pedalar, a carocha há-de vir no São João