Barbarosices

Segurança. Substantivo feminino. Acção ou efeito de se tornar seguro. Estabilidade. Firmeza. Estado, qualidade ou condição de quem ou do que está livre de perigos, incertezas, assegurado de danos e riscos eventuais, situação onde nada há a temer. in Diccionário Priberam da Língua Portuguesa, em conformidade com o Acordo Ortográfico e apto para glutenofílicos.   Com …

Continue lendo Barbarosices

Divisão Velopata – A Quarentena de Fevereiro empena o Carocheiro

AVISO! ESE BLOG (OU BLOGUE), E A  DIVISÃO VELOPATA ESTÃO SOB QUARENTENA POR SUSPEITAS DE COVID-19. (ou pelo menos, o autor não o quer contraír) É FAVOR FECHAR ESTA PÁGINA, LAVAR AS MÃOS COM ABUNDANTE ÁGUA CORRENTE E DESINFECTAR TUDO COM SHOTS DE MEDRONHO. O mui querido leitor não s´acardita que esse falgelo social que está a ser este …

Continue lendo Divisão Velopata – A Quarentena de Fevereiro empena o Carocheiro

Isto não são Fake News

Uma lista de escaldantes notícias, provenientes das mais fidedignas fontes às quais o Velopata teve acesso exclusivo. Não têm de quê.   Portugal terá uma equipa de Ciclismo World Tour Uma bombástica notícia que deixará os mais ferrenhos adeptos desse desporto menor que é a bola à beira de um fanico quiçá até arriscando-se o …

Continue lendo Isto não são Fake News

Porque odeia o enlatado – parte I

Recentemente, culminou uma mini-série de seis documentários no Cánau Dizcóveri (que lido em português correcto, ao contrário do estranho sotaque televisivo, será algo como Canal Discovery), que muito aprouve ao casal Velopata (à hora de emissão, o Velopatazinho já simulava rolos de treino no Vale dos Lençóis, ainda assim é firme convicção velopática que chegando …

Continue lendo Porque odeia o enlatado – parte I

Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

- Tenho quase a certeza, a subida para a Torre pela Covilhã está fechada ao trânsito hoje. A dura realidade das palavras proferidas pela Senhora do Hotel atingia Velopata e Agente da Autoridade Anónimo (AAA), com a potência de um soco no estômago, faces torcidas em esgares que qualquer transeunte connoisseur o identificaria - aquela …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

Uma Escapadela Altimétrica – parte II

O Velopata comandava a Estrela Vermelha serra acima, a Torre já iminente no horizonte. O nosso querido astro brilhava pleno no alto mas a Temperatura não era sufocante. O eterno inimigo vento frontal, fraco ou ausente, sintoma de que a rameira do São Pedro ainda devia dormitar. R.p.m após r.p.m., o Velopata aproximava-se do objectivo de …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – parte II

Divisão Velopata – Maio que não der carochada, não dá coisa empenada

Bom dia, tarde ou noite, de acordo com a hora a que o mui querido leitor está assentado no trono (que outro lugar se revelará mais adequado à apreciação do que um Velopata escrevinha?), deslizando seus olhos por estas linhas. Seja bem-vindo a mais uma publicação velopática dedicada à análise mensal da crème de la crème da velocipedia strávica, a …

Continue lendo Divisão Velopata – Maio que não der carochada, não dá coisa empenada