Aquela publicação de Revelhão

Sempre que o Velopata ou seu heterómónimócoiso com alguém troca impressões sobre a possível colaboração numa prazerosa pedalada, três importantes questões sempre se alevantam; - Que ritmo? - Quanto é que isso tem de Acumulado? - Quantos quilómetros? Ao que invariavelmente, e conhecendo o mui querido leitor a honestidade velopática, a resposta não varia muito; - No …

Continue lendo Aquela publicação de Revelhão

Dia de pausa

Pausa. Substantivo feminino. Suspensão de acção ou movimento. Interrupção momentânea. Intervalo. in Diccionário Priberam da Língua Portuguesa, versão apta para glutenofílicos   Todos precisamos de uma pausa. Pelo menos é o que diz a ancestral sabedoria popular. Particularmente, todos precisamos de uma pausa da pedalada porque estamos cansados. E todos sabemos que pedalar cansado pode originar …

Continue lendo Dia de pausa

Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

- Tenho quase a certeza, a subida para a Torre pela Covilhã está fechada ao trânsito hoje. A dura realidade das palavras proferidas pela Senhora do Hotel atingia Velopata e Agente da Autoridade Anónimo (AAA), com a potência de um soco no estômago, faces torcidas em esgares que qualquer transeunte connoisseur o identificaria - aquela …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

Sexénio

Recentemente, um artigo publicado por um importante sítio de referência velointernético captou a atenção velopática, apresentando uma nova teoria para discussão em sede de consertação social velocipédica - a teoria dos seis anos. (Nota velopatóide: se os mui queridos leitores vinham aqui procurando badalhoquice, fruto das iniciais do título desta publicação; S, E e X, podem ir tirando …

Continue lendo Sexénio

Este país não é para… ebikecoisas

Bicicleta. Substantivo feminino. Do avec, bicyclette. Velocípede de duas rodas com igual diâmetro, propulsionado pela força do operador ao accionar um sistema de pedais que actua sobre uma corrente. Mais ou menos in Diccionário Priberam da Língua Portuguesa.   Inicialmente, o Velopata acarditou que os seus bonitos olhos castanho-esverdeados o traíam. Depois foi inundado com aquela sensação …

Continue lendo Este país não é para… ebikecoisas

Consultório Sentimental Velopático

No decurso dos já quase dois anos de existência deste espaço de referência velocibernético, um abundante número de mui queridos leitores (é impossível um Velopata conseguir precisar os números correctos por entre os milhares de milhões), tem aproveitado toda a sabedoria, experiência, magnificiência e coiso deste vosso companheiro, palhaço e amigo do duro circo que é a vida …

Continue lendo Consultório Sentimental Velopático

Divisão Velopata – Em Abril cada carocha dá mil

"Desisti porque comecei a sentir-me cansado." "Uai, como é que é?" "Sim, não estava a correr muito bem e depois comecei a sentir cansaço e achei melhor desistir." Foi com estas blasfemas palavras proferidas por trás do balcão da loja de especialidade velocipédica no Centro do Universo Velopático Conhecido que Lagartixa, aquele que por este …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Abril cada carocha dá mil

Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado

Fevereiro é o mês do nirvana velocipédico no reino do Algarve. Ou Allgarve. Ou Hellgarve, de acordo com as sensações nas pernas de alguns. Para além da presença de alguma elite ressabiada do pelotão profissional World Tour nas nossas estradas com a Volta ao Algarve (eficazmente coberta pelo Velopata aqui), há espaço para mais três eventos de ciclismo …

Continue lendo Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado