A.D.M.P.

- Ma o qu´é que se passa aqui hoje vezinha? - O qu´é que foi? - Ma q´iste ´tá cheie de bicicletes! - Bicicletes? - A´tão ma vossemeçê nã viu? Iste tá cheie de bicicletes daquelas a pedal por todo o lade, há ciclistas por todo o lade, até bicicletes em cima dos carres eles …

Continue lendo A.D.M.P.

Os Dez Mandamentos Velocipédicos – versão urbana

Foi encontrado morto em sua casa. A Jardim da Escócia (Scotland Yard, em cámone), tomou conta do ocorrido, registando o óbito a 5 de Novembro do Ano de Sua Ainda-Desconhecida e Futura Santidade Joaquim Agostinho de 1922. Lorde Carvanon, um reconhecido antropofilíaco obstinado com relíquias egípcias, batia a bota. Atónitos com a macabra cena que presenciaram ao …

Continue lendo Os Dez Mandamentos Velocipédicos – versão urbana

Os Mandamentos Velocipédicos

Esta é uma história que inicia com uma tempestade daquelas de fazer Harveys, Katrinas, Irmas e Ophelias parecerem uma pedalada na ciclovia. Ciclovia holandesa, claro está, pois pedalar na maioria das ciclovias deste país à beira-mar plantado é uma aventura per se. Segundo os registos dos historiadores, os acontecimentos que o Velopara a seguir descreve terão …

Continue lendo Os Mandamentos Velocipédicos

Porque às vezes há mais que pedalar nessas estradas de peito ao vento e focinho ao sol sofrendo serra acima

O Velopata sabe; o título deste post lembra o leitor dos títulos dos livros do António Lobo Antunes mas em versão literatura fraquinha de bolso ou mesmo de wc, que o Velopata acredita ser o local da casa onde os leitores mais têm contacto com as bizarrias escritas no espaço internético deste vosso amigo. "Eu no Verão pedalo …

Continue lendo Porque às vezes há mais que pedalar nessas estradas de peito ao vento e focinho ao sol sofrendo serra acima