A Bala Vermelha

"Se eu tivesse uma Bicicleta destas não precisava comer bifes." El Dopalero, ex-Ciclista profissional "Com uma Bicicleta deste nível, nem precisaria da minha bombinha de asma para vencer." Froomster, Ciclista profissional da Team Sky Pro Cycling "Já pedi à Specialized uma Bicicleta semelhante mas eles não conseguem produzir uma com esta rigidez ou aerodinamismo." Lord …

Continue lendo A Bala Vermelha

Divisão Velopata – Em Novembro põe tudo a encarochar pode o Sol não tornar

Como em inúmeras outras ocasiões, o Velopata chegou exausto ao conforto do lar findo um treino de cento-e-tal quilómetros, calcorreando o duro sobe e desce da serra algarvia em modo armado ao herói do Tour de fim de semana. Por se tratar de um dia na qual a previsão do ciclo menstrual de São Pedro …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Novembro põe tudo a encarochar pode o Sol não tornar

Uma questão de pêlo

"Aaaaaiiiii! Socorro!" - gritou a Srª Velopata a uma frequência cardíaca que nem ela sabia ser capaz. Prostados no sofá diante da televisão que ainda não é smart, o Velopata partilhava com o seu mais-que-tudo rebento Velopatazinho ternurentos momentos com os ensinamentos teóricos munidos de exemplos práticos necessários a vencer uma prova World Tour do grandioso nível que …

Continue lendo Uma questão de pêlo

Divisão Velopata – Em Março cada dia chove um pedaço

Tum! Tum! Tum! "O que é isto?" - balbuciou uma atordoada Srª Velopata, agora acordada no sofá do casal velopático por tão estranho som proveniente das profundezas do lar. Tum! Tum! Tum! A inquieta Srª Velopata alevantou-se do sofá e procurou a fonte de tamanho ruído. Encontrou o Velopata prostado sobre as nobres montadas que repousavam nos …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Março cada dia chove um pedaço

Eu não estou aqui. Isto não está a acontecer.

I´m not here. This isn´t happening. Thom Yorke dos Radiohead in How to Disappear Completely, álbum Kid A   666. Diz a cultura apostólica evangelista católica greco-romana coiso (e também berravam esganiçadamente os Iron Maiden), que seiscentos e sessenta e seis é o número da Besta. Como o mui querido leitor por esta hora já estará farto de saber, …

Continue lendo Eu não estou aqui. Isto não está a acontecer.

Chave Dicotómica para identificação de clientes de lojas velocipédicas – Parte II

Esse Natal, época festiva que à semelhança de outras é velocipédicamente cognominada de época de engorda, foi bom? Muitas prendas boas no sapatinho de encaixe? Mimaram as vossas máquinas, fiéis montadas, corcéis de carbono de alto módulo? Claro que sim, o Velopata nem espera outra coisa de quem gasta o seu precioso tempo neste nosso …

Continue lendo Chave Dicotómica para identificação de clientes de lojas velocipédicas – Parte II

A Odisseia Algarvia 2017: A Maldição da Figueira – parte II

De estômagos carregados de fatias douradas e pastéis de nata, hidratados com limonada fresquinha e excitados com cafeína, também ela fresquinha, com a motivação ao rubro pela carta da queridíssima Lioness of Porches, a horda velopática deixou o Germano Biciarte Café para trás, lançando-se em direção ao IC1. Um Itinerário Complementar, no vulgo IC, designa …

Continue lendo A Odisseia Algarvia 2017: A Maldição da Figueira – parte II