Chave Dicotómica para identificação de clientes de lojas velocipédicas – Parte II

Esse Natal, época festiva que à semelhança de outras é velocipédicamente cognominada de época de engorda, foi bom? Muitas prendas boas no sapatinho de encaixe? Mimaram as vossas máquinas, fiéis montadas, corcéis de carbono de alto módulo? Claro que sim, o Velopata nem espera outra coisa de quem gasta o seu precioso tempo neste nosso …

Continue lendo Chave Dicotómica para identificação de clientes de lojas velocipédicas – Parte II

Mais valia estares calado I

Uma compilação das parvoíces que o Velopata já foi dado a ouvir ou ler, oriundas dessa estranha mas linda troupe que são os ciclistas e relacionados. Ele incluído e tudo.   "Estou farto de andar de bicicleta." - Canhão de Lagos, após uns míseros 100 quilómetros de pedalada por São Marcos da Serra com o …

Continue lendo Mais valia estares calado I

Análise anual velopatóide 2 – Março e Abril

Com Janeiro e Fevereiro de 2016 arquivados seguem-se Março e o aguardado mês de Abril. Março - Estaca zero. Ainda de ressaca psoríacofílizíaca o Velopata tentou aproveitar Março, mês onde não existiam provas, para retomar a forma velopática. Três semanas de paragem forçada por compromissos psoríacofílicos e uma lamentável presença na Etapa da Volta em Fevereiro tinham deixado as …

Continue lendo Análise anual velopatóide 2 – Março e Abril