The Walking Covid

...It´s Nature´s way of telling you someting´s wrong... in Nature´s way, dos This Mortal Coil no álbum Blood   Através das estilosas orelhas dilatadas, as fantasmagóricas vozes de Deidre Rutkowski e Alison Limerick acompanhadas da melancólica orquestra de cordas ecoavam pelo cérebro velopático enquanto avançava pelos corredores vazios do Centro Comercial, concentradíssimo que nem um …

Continue lendo The Walking Covid

Buzinadelas da vida

O dia começou como outros tantos no quotidiano velopático. O Velopata deixou o conforto do lar para se deslocar até lá onde ele afincadamente labuta como quem afincadamente labuta mesmo, ao comando da sua Cappuccino que importa reiterar como quem reitera mesmo, é uma Bicicleta dobrável de roda 20". Aproximando-se da primeira intersecção alcatroada que …

Continue lendo Buzinadelas da vida

Uma Escapadela Altimétrica – finalmente, o Capítulo Final

- Estás bem? - Não. Ele sente-se que nem um esfregão da louça esquecido ao Sol durante vários dias. -  Pois, costumas subir melhor... - Cada centímetro que ele subiu foi como tentar espremer um litro de água desse esfregão da louça ressequido.   No cume do topo mais em alto de Portugal Continental, a mítica Torre, …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – finalmente, o Capítulo Final

Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

- Tenho quase a certeza, a subida para a Torre pela Covilhã está fechada ao trânsito hoje. A dura realidade das palavras proferidas pela Senhora do Hotel atingia Velopata e Agente da Autoridade Anónimo (AAA), com a potência de um soco no estômago, faces torcidas em esgares que qualquer transeunte connoisseur o identificaria - aquela …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

Por uma educação com pedalada

Não será nenhuma novidade para os mui queridos milhares de milhões de seguidores que durante os já cerca de dois anos e uns trocos de existência deste vosso espaço de referência velointernético, o Velopata recebeu inúmeras mensagens com os mais variados tópicos. Desde auxílio na incessante busca pelo nirvana velocipédico a básicas questões em relação a componentes …

Continue lendo Por uma educação com pedalada

Consultório Sentimental Velopático

No decurso dos já quase dois anos de existência deste espaço de referência velocibernético, um abundante número de mui queridos leitores (é impossível um Velopata conseguir precisar os números correctos por entre os milhares de milhões), tem aproveitado toda a sabedoria, experiência, magnificiência e coiso deste vosso companheiro, palhaço e amigo do duro circo que é a vida …

Continue lendo Consultório Sentimental Velopático

Divisão Velopata – Janeiro tem uma carocha por inteiro

O Velopata trabalhava em sintonia, através de uma vídeo-conferência com reputados cientistas, técnicos, investigadores e pensadores das mais grandes e prestigiadas Universidades deste planeta, nos complicados cálculos físico-quântico-químico-aritméticos do grandioso clube do Strava que é a Divisão Velopata, quando o ícone de um novo comentário publicado no feed facebookiano lhe captou a atenção. Clicando naquele botãozinho, nada podia …

Continue lendo Divisão Velopata – Janeiro tem uma carocha por inteiro

Eu não estou aqui. Isto não está a acontecer.

I´m not here. This isn´t happening. Thom Yorke dos Radiohead in How to Disappear Completely, álbum Kid A   666. Diz a cultura apostólica evangelista católica greco-romana coiso (e também berravam esganiçadamente os Iron Maiden), que seiscentos e sessenta e seis é o número da Besta. Como o mui querido leitor por esta hora já estará farto de saber, …

Continue lendo Eu não estou aqui. Isto não está a acontecer.

Divisão Velopata – Ande o frio onde andar, no Natal há que pedalar

"Mas olha lá ó Velopata, isso é mesmo coisa de comuna." "O quê?" "Essa tua teoria de deixar de celebrar o Natal a vinte e cinco de Dezembro, isso é mesmo cena à comuna." "Olha lá, Portugal não é um estado laico?" "Sim, mas..." "Sim, mas nada. Se Portugal é um estado laico então todas …

Continue lendo Divisão Velopata – Ande o frio onde andar, no Natal há que pedalar