Divisão Velopata – Maio que não der carochada, não dá coisa empenada

Bom dia, tarde ou noite, de acordo com a hora a que o mui querido leitor está assentado no trono (que outro lugar se revelará mais adequado à apreciação do que um Velopata escrevinha?), deslizando seus olhos por estas linhas. Seja bem-vindo a mais uma publicação velopática dedicada à análise mensal da crème de la crème da velocipedia strávica, a …

Continue lendo Divisão Velopata – Maio que não der carochada, não dá coisa empenada

A Bala Vermelha

"Se eu tivesse uma Bicicleta destas não precisava comer bifes." El Dopalero, ex-Ciclista profissional "Com uma Bicicleta deste nível, nem precisaria da minha bombinha de asma para vencer." Froomster, Ciclista profissional da Team Sky Pro Cycling "Já pedi à Specialized uma Bicicleta semelhante mas eles não conseguem produzir uma com esta rigidez ou aerodinamismo." Lord …

Continue lendo A Bala Vermelha

Divisão Velopata – Para encarochar, deixa Setembro acabar

O ocaso velocipédico. Se o mês de Nosso Senhor Joaquim Agostinho de Setembro algo significa para um Velopata, mais não é que o início do ocaso velocipédico. Os dias começam a encurtar, o calor bom esfuma-se (lembrem-se que moçes de compleição física a roçar o etíope bulímico-anoréctico, como é o caso deste vosso companheiro, palhaço …

Continue lendo Divisão Velopata – Para encarochar, deixa Setembro acabar

Os Mandamentos Velocipédicos

Esta é uma história que inicia com uma tempestade daquelas de fazer Harveys, Katrinas, Irmas e Ophelias parecerem uma pedalada na ciclovia. Ciclovia holandesa, claro está, pois pedalar na maioria das ciclovias deste país à beira-mar plantado é uma aventura per se. Segundo os registos dos historiadores, os acontecimentos que o Velopara a seguir descreve terão …

Continue lendo Os Mandamentos Velocipédicos

O primeiro Tour do Velopatazinho – a chegada aos Campos Elíseos

O Velopata acorda. Sentado na mesa da cozinha, sorve lentamente o iogurte natural biológico condimentado com uma colherada de mel que escorre sobre a mistura de aveia e frutos secos. Observa os azulejos brancos da parede mas, na realidade, a sua mente viaja... Está lá, na França.  Cafézada na varanda, agora sem o acompanhamento da famigerada cigarrada. …

Continue lendo O primeiro Tour do Velopatazinho – a chegada aos Campos Elíseos