A tomada da Mítica EN2 – parte I

O Velopata acordou em Chaves com aquela sensação de garganta escalafrada e aeropenca entupida, fruto das alternantes temperaturas de final de estação veraneante que se fizeram sentir pelo reino dos algarves e arredores, ao contrário dos seus gloriosos tempos de juventude onde acordar nestes trânmites era sintomático de uma véspera de copofonia e fumanço em …

Continue lendo A tomada da Mítica EN2 – parte I

Eu continuo a não estar aqui. Isto continua a não acontecer.

O trio Velopata, Srª Velopata e Velopatazinho passeava pela capital algarvia do desenfreado consumo e capitalismo sem lei que é o Fórum Algarve, quando a Srª Velopata decidiu levar o Velopatazinho até uma de entre as muitas lojas de roupa para fêmeas, mais ou menos machos e infantes, conseguindo o Velopata escapulir-se para uma dose …

Continue lendo Eu continuo a não estar aqui. Isto continua a não acontecer.

Em Bicicleta sem travão, todos ralham e ninguém tem razão

Pois é querida nação de leitores velopatóides, a polémica está instalada no mundo velocipédico e desta vez não se trata de ciclistas apanhados com novas substâncias dopantes ou mesmo ciclistas que curiosamente adoecem no dia antes de uma importante prova tendo de recorrer a medicamentos de conhecidos efeitos potenciadores da performance para o seu tratamento. Não …

Continue lendo Em Bicicleta sem travão, todos ralham e ninguém tem razão