Divisão Velopata – Em Novembro põe tudo a encarochar pode o Sol não tornar

Como em inúmeras outras ocasiões, o Velopata chegou exausto ao conforto do lar findo um treino de cento-e-tal quilómetros, calcorreando o duro sobe e desce da serra algarvia em modo armado ao herói do Tour de fim de semana. Por se tratar de um dia na qual a previsão do ciclo menstrual de São Pedro …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Novembro põe tudo a encarochar pode o Sol não tornar

Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Se palavra existe que descreve o que foi este mês de Julho no seio da elite velocipédica do mais grandioso clube strávico que é a Divisão Velopata, essa palavra é... Revelação. Desde a revelação da existência de mais um marafado por terras de Sua Majestade Brexitiana, que com alergias e asma e maleitas e doenças é capaz …

Continue lendo Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Divisão Velopata – A carocha, Maio a dá e Maio a leva

Parcas letras e palavras que se materializam na tela branca do monitor que logo de seguida são obliteradas para todo o sempre. Não servem, nunca estão boas o suficiente. Um cérebro que teima em não desenvolver, como um cubo de rodas Shimano R500 que, para além de extremamente fraquinhas, já calcorrearam muitos quilómetros. Os esguios …

Continue lendo Divisão Velopata – A carocha, Maio a dá e Maio a leva

Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado

Fevereiro é o mês do nirvana velocipédico no reino do Algarve. Ou Allgarve. Ou Hellgarve, de acordo com as sensações nas pernas de alguns. Para além da presença de alguma elite ressabiada do pelotão profissional World Tour nas nossas estradas com a Volta ao Algarve (eficazmente coberta pelo Velopata aqui), há espaço para mais três eventos de ciclismo …

Continue lendo Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado

Divisão Velopata – Ande o frio onde andar, no Natal há que pedalar

"Mas olha lá ó Velopata, isso é mesmo coisa de comuna." "O quê?" "Essa tua teoria de deixar de celebrar o Natal a vinte e cinco de Dezembro, isso é mesmo cena à comuna." "Olha lá, Portugal não é um estado laico?" "Sim, mas..." "Sim, mas nada. Se Portugal é um estado laico então todas …

Continue lendo Divisão Velopata – Ande o frio onde andar, no Natal há que pedalar

Divisão Velopata – Em Novembro dá tudo a pedalar, pode o Sol não tornar

"Se quiseres mete o teu ritmo que depois apanho-te na descida." Foi com estas palavras que Papa-Figos, comparsa de pedalada do dia e homem cujos pistons são nutridos e mantidos com base numa única e exclusiva dieta à base de Ficus carica, fez o Velopata perceber o crasso erro que havia cometido no que à indumentária …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Novembro dá tudo a pedalar, pode o Sol não tornar

Porque às vezes há mais que pedalar nessas estradas de peito ao vento e focinho ao sol sofrendo serra acima

O Velopata sabe; o título deste post lembra o leitor dos títulos dos livros do António Lobo Antunes mas em versão literatura fraquinha de bolso ou mesmo de wc, que o Velopata acredita ser o local da casa onde os leitores mais têm contacto com as bizarrias escritas no espaço internético deste vosso amigo. "Eu no Verão pedalo …

Continue lendo Porque às vezes há mais que pedalar nessas estradas de peito ao vento e focinho ao sol sofrendo serra acima