O Campeão do Mundo que afinal não era Campeão do Mundo

O Velopata seguia flagelando suas pernas ao longo do reconhecido segmento strávico "Califórnia-Salir", uma brutal subida de um vírgula vinte e cinco quilómetros de extensão onde a local sinaléctica de trânsito indica uns horríveis dez por cento de inclinação, o Strava indica apenas nove (muito melhor!), no entanto, ele não conseguiu deixar de reflectir como …

Continue lendo O Campeão do Mundo que afinal não era Campeão do Mundo

Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

- Tenho quase a certeza, a subida para a Torre pela Covilhã está fechada ao trânsito hoje. A dura realidade das palavras proferidas pela Senhora do Hotel atingia Velopata e Agente da Autoridade Anónimo (AAA), com a potência de um soco no estômago, faces torcidas em esgares que qualquer transeunte connoisseur o identificaria - aquela …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

Commute Apeado

Zuuummmm, Zuuuummmm, Zuuuummmm.... (fraquinha onomatopeia representativa do som da máquina velopática de auto-tortura, que mais se assemelha a um avião Jumbo alevantando vôo nos confins do lar velopático e que muitos mui queridos leitores reconhecerão sob a nomenclatura técnico-táctica de Rolo de Treino) - Podes parar com isso um bocado? Preciso de falar contigo. - notou a Srª …

Continue lendo Commute Apeado

Meio Evereste

Algo impensável ocorreu neste vosso espaço de referência velointernética, um tenebroso acontecimento que o próprio Velopata jamais podia prever. Uma INVERDADE (à semelhança da classe política, um Velopata não mente), foi publicada. Certamente o mui querido leitor nem s´acardita; como foi possível o Velopata ludibriar, qual Berardo da Velocipedia, a sua horda de milhares de milhões de seguidores? Mas em …

Continue lendo Meio Evereste

A Lagartixa, o Jacaré e a Candidíase

Com toda a honestidade, o Velopata não leu integralmente o "artigo". Já tanto tempo é perdido com trivialidades e coisas supérfulas que, um Velopata perder mais uns minutos que fosse com disinterias cerebrais regurgitadas por um moçe com nocões políticas no mínimo sui generis, pareceu de menor relevância para o seu quotidiano quando, por exemplo, comparado com …

Continue lendo A Lagartixa, o Jacaré e a Candidíase

Divisão Velopata – Em Novembro põe tudo a encarochar pode o Sol não tornar

Como em inúmeras outras ocasiões, o Velopata chegou exausto ao conforto do lar findo um treino de cento-e-tal quilómetros, calcorreando o duro sobe e desce da serra algarvia em modo armado ao herói do Tour de fim de semana. Por se tratar de um dia na qual a previsão do ciclo menstrual de São Pedro …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Novembro põe tudo a encarochar pode o Sol não tornar

A tomada da Mítica EN2 – parte II

Se algum dos mui habituais seguidores deste espaço velocibernético visse o Velopata, enquanto ele mais ou menos se sentia a rebolar pelos corredores do humilde estabelecimento de pernoita com uma só estrela, felizmente Michelin, jamais alguém acarditaria que ele era efectivamente o Velopata, esse mundialmente famoso Ciclista de compleição somali pontuado com anorexia nervosa, escassos minutos em antes de se lançar …

Continue lendo A tomada da Mítica EN2 – parte II

A tomada da Mítica EN2 – parte I

O Velopata acordou em Chaves com aquela sensação de garganta escalafrada e aeropenca entupida, fruto das alternantes temperaturas de final de estação veraneante que se fizeram sentir pelo reino dos algarves e arredores, ao contrário dos seus gloriosos tempos de juventude onde acordar nestes trânmites era sintomático de uma véspera de copofonia e fumanço em …

Continue lendo A tomada da Mítica EN2 – parte I