Uma Escapadela Altimétrica – parte II

O Velopata comandava a Estrela Vermelha serra acima, a Torre já iminente no horizonte. O nosso querido astro brilhava pleno no alto mas a Temperatura não era sufocante. O eterno inimigo vento frontal, fraco ou ausente, sintoma de que a rameira do São Pedro ainda devia dormitar. R.p.m após r.p.m., o Velopata aproximava-se do objectivo de …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – parte II

A Lagartixa, o Jacaré e a Candidíase

Com toda a honestidade, o Velopata não leu integralmente o "artigo". Já tanto tempo é perdido com trivialidades e coisas supérfulas que, um Velopata perder mais uns minutos que fosse com disinterias cerebrais regurgitadas por um moçe com nocões políticas no mínimo sui generis, pareceu de menor relevância para o seu quotidiano quando, por exemplo, comparado com …

Continue lendo A Lagartixa, o Jacaré e a Candidíase

A tomada da Mítica EN2 – parte II

Se algum dos mui habituais seguidores deste espaço velocibernético visse o Velopata, enquanto ele mais ou menos se sentia a rebolar pelos corredores do humilde estabelecimento de pernoita com uma só estrela, felizmente Michelin, jamais alguém acarditaria que ele era efectivamente o Velopata, esse mundialmente famoso Ciclista de compleição somali pontuado com anorexia nervosa, escassos minutos em antes de se lançar …

Continue lendo A tomada da Mítica EN2 – parte II

Divisão Velopata – Pedale por onde pedalar, a carocha há-de vir no São João

"Ó Velopata, porque haveis desaparecido dos registos do nosso clube do Strava, na semana de dia nove a quatorze do mês de Julho do ano de Nosso Senhor Joaquim Agostinho?" Isto foi o que vós não haveis questionado, mui queridos leitores. O Velopata, esse vosso companheiro, palhaço e amigo deste duro circo que é a vida …

Continue lendo Divisão Velopata – Pedale por onde pedalar, a carocha há-de vir no São João

Divisão Velopata – A carocha, Maio a dá e Maio a leva

Parcas letras e palavras que se materializam na tela branca do monitor que logo de seguida são obliteradas para todo o sempre. Não servem, nunca estão boas o suficiente. Um cérebro que teima em não desenvolver, como um cubo de rodas Shimano R500 que, para além de extremamente fraquinhas, já calcorrearam muitos quilómetros. Os esguios …

Continue lendo Divisão Velopata – A carocha, Maio a dá e Maio a leva

Os Dez Mandamentos Velocipédicos – versão urbana

Foi encontrado morto em sua casa. A Jardim da Escócia (Scotland Yard, em cámone), tomou conta do ocorrido, registando o óbito a 5 de Novembro do Ano de Sua Ainda-Desconhecida e Futura Santidade Joaquim Agostinho de 1922. Lorde Carvanon, um reconhecido antropofilíaco obstinado com relíquias egípcias, batia a bota. Atónitos com a macabra cena que presenciaram ao …

Continue lendo Os Dez Mandamentos Velocipédicos – versão urbana