A indumentária mais linda

Jovem; Se tens mais de três anos de idade, já tiveste piolhos, sarampo e papeira, gostas de pedalar, sabes mexer nas coisas da internet, tens um contrato de trabalho estável (se bem que eirios auferidos por Ciclistas a Recibos Verdes também são bem-vindos), e tens acesso a um cartão multibanco com plafond suficiente, não percas …

Continue lendo A indumentária mais linda

A tomada da Mítica EN2 – parte I

O Velopata acordou em Chaves com aquela sensação de garganta escalafrada e aeropenca entupida, fruto das alternantes temperaturas de final de estação veraneante que se fizeram sentir pelo reino dos algarves e arredores, ao contrário dos seus gloriosos tempos de juventude onde acordar nestes trânmites era sintomático de uma véspera de copofonia e fumanço em …

Continue lendo A tomada da Mítica EN2 – parte I

Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Se palavra existe que descreve o que foi este mês de Julho no seio da elite velocipédica do mais grandioso clube strávico que é a Divisão Velopata, essa palavra é... Revelação. Desde a revelação da existência de mais um marafado por terras de Sua Majestade Brexitiana, que com alergias e asma e maleitas e doenças é capaz …

Continue lendo Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Divisão Velopata – Em Março cada dia chove um pedaço

Tum! Tum! Tum! "O que é isto?" - balbuciou uma atordoada Srª Velopata, agora acordada no sofá do casal velopático por tão estranho som proveniente das profundezas do lar. Tum! Tum! Tum! A inquieta Srª Velopata alevantou-se do sofá e procurou a fonte de tamanho ruído. Encontrou o Velopata prostado sobre as nobres montadas que repousavam nos …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Março cada dia chove um pedaço

Os Dez Mandamentos Velocipédicos – versão urbana

Foi encontrado morto em sua casa. A Jardim da Escócia (Scotland Yard, em cámone), tomou conta do ocorrido, registando o óbito a 5 de Novembro do Ano de Sua Ainda-Desconhecida e Futura Santidade Joaquim Agostinho de 1922. Lorde Carvanon, um reconhecido antropofilíaco obstinado com relíquias egípcias, batia a bota. Atónitos com a macabra cena que presenciaram ao …

Continue lendo Os Dez Mandamentos Velocipédicos – versão urbana

PMF´s velopáticas

PMF. É o acrónimo português equivalente às FAQ´s dos bifes e cámones. Significa Frequently Asked Questions ou em belo português; Perguntas Mais Frequentes. Ao longo do ciclo de vida deste alucinado espaço velointernético, foram várias as questões que o Velopata recebeu; quer da sua horda de mui queridos e atentos seguidores e leitores, bem como de muitos colegas de métier; civis …

Continue lendo PMF´s velopáticas

Eu continuo a não estar aqui. Isto continua a não acontecer.

O trio Velopata, Srª Velopata e Velopatazinho passeava pela capital algarvia do desenfreado consumo e capitalismo sem lei que é o Fórum Algarve, quando a Srª Velopata decidiu levar o Velopatazinho até uma de entre as muitas lojas de roupa para fêmeas, mais ou menos machos e infantes, conseguindo o Velopata escapulir-se para uma dose …

Continue lendo Eu continuo a não estar aqui. Isto continua a não acontecer.

Divisão Velopata – Se em Outubro te sentires empenado, lembra-te do encarochado

Se há por aí quem se queixe das alterações climáticas, um grupo há de semi-humanos, quais encarnações de deuses somalis, etíopes e de outros países africanos onde se passa muita larica, que só têm a agradecer a Trumps e Companhias Lda., por esta dádiva da humanidade que é o excesso de CO2 e demais poluentes …

Continue lendo Divisão Velopata – Se em Outubro te sentires empenado, lembra-te do encarochado