Edição Especial – Um Conto Natalício

Há muito, muito tempo atrás... Aliás, há tanto tempo atrás que já ninguém neste Terceiro Calhau a contar do Sol se alembra da data, numa longínqua cidade belga cujo nome é tão difícil de pronunciar que também já vivalma consegue alembrar-se onde foi, era uma vez um petiz de nome Eddy. Eddy era orfão, sendo sua …

Continue lendo Edição Especial – Um Conto Natalício

Porque odeia o enlatado – parte I

Recentemente, culminou uma mini-série de seis documentários no Cánau Dizcóveri (que lido em português correcto, ao contrário do estranho sotaque televisivo, será algo como Canal Discovery), que muito aprouve ao casal Velopata (à hora de emissão, o Velopatazinho já simulava rolos de treino no Vale dos Lençóis, ainda assim é firme convicção velopática que chegando …

Continue lendo Porque odeia o enlatado – parte I

Commute Apeado

Zuuummmm, Zuuuummmm, Zuuuummmm.... (fraquinha onomatopeia representativa do som da máquina velopática de auto-tortura, que mais se assemelha a um avião Jumbo alevantando vôo nos confins do lar velopático e que muitos mui queridos leitores reconhecerão sob a nomenclatura técnico-táctica de Rolo de Treino) - Podes parar com isso um bocado? Preciso de falar contigo. - notou a Srª …

Continue lendo Commute Apeado

Grandes Películas Velocipédicas – parte I

Se os líderes da Religião Velominati não se encontrassem tão empenados e menos preocupados com a distribuição de carochas por esses granfondues da vida e pedaladas domingueiras, este Terceiro Calhau a contar do Sol seria certamente um habitat deveras diferente. Talvez o Natal fosse corretamente celebrado a sete de Abril, dia em que chegou a este mundo …

Continue lendo Grandes Películas Velocipédicas – parte I

Divisão Velopata – Abril engripado, sete vezes encarochado

Quando a vida te der limões, faz limonada. in Epitáfio de Marshall Pinckney Wilder   Limões. É o plural que resume o velopático mês de Abril deste ano de Nosso Senhor Joaquim Agostinho de dois mil e dezanove. Um conjunto de frutos de forma esférica, casca dura e côr amarelada ou esverdeada, cuja polpa se encontra …

Continue lendo Divisão Velopata – Abril engripado, sete vezes encarochado

A tomada da Mítica EN2 – parte II

Se algum dos mui habituais seguidores deste espaço velocibernético visse o Velopata, enquanto ele mais ou menos se sentia a rebolar pelos corredores do humilde estabelecimento de pernoita com uma só estrela, felizmente Michelin, jamais alguém acarditaria que ele era efectivamente o Velopata, esse mundialmente famoso Ciclista de compleição somali pontuado com anorexia nervosa, escassos minutos em antes de se lançar …

Continue lendo A tomada da Mítica EN2 – parte II

Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Se palavra existe que descreve o que foi este mês de Julho no seio da elite velocipédica do mais grandioso clube strávico que é a Divisão Velopata, essa palavra é... Revelação. Desde a revelação da existência de mais um marafado por terras de Sua Majestade Brexitiana, que com alergias e asma e maleitas e doenças é capaz …

Continue lendo Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Divisão Velopata – Em Março cada dia chove um pedaço

Tum! Tum! Tum! "O que é isto?" - balbuciou uma atordoada Srª Velopata, agora acordada no sofá do casal velopático por tão estranho som proveniente das profundezas do lar. Tum! Tum! Tum! A inquieta Srª Velopata alevantou-se do sofá e procurou a fonte de tamanho ruído. Encontrou o Velopata prostado sobre as nobres montadas que repousavam nos …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Março cada dia chove um pedaço