Divisão Velopata – Em Julho nunca a Carocha fez barulho

Ficará escrito nos anais da História, ou Estória ou lá como raios agora se escreve com este Acordo Ortográfico próprio para glutenofílicos, que a calamidade terá tido sua génese com a tampa que um virgem (o Velopata não se refere a essa aldrabice do Zodíaco), levou de uma moça de Ermesinde. E por tampa, entenda-se, …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Julho nunca a Carocha fez barulho

Barbarosices

Segurança. Substantivo feminino. Acção ou efeito de se tornar seguro. Estabilidade. Firmeza. Estado, qualidade ou condição de quem ou do que está livre de perigos, incertezas, assegurado de danos e riscos eventuais, situação onde nada há a temer. in Diccionário Priberam da Língua Portuguesa, em conformidade com o Acordo Ortográfico e apto para glutenofílicos.   Com …

Continue lendo Barbarosices

Dia de pausa

Pausa. Substantivo feminino. Suspensão de acção ou movimento. Interrupção momentânea. Intervalo. in Diccionário Priberam da Língua Portuguesa, versão apta para glutenofílicos   Todos precisamos de uma pausa. Pelo menos é o que diz a ancestral sabedoria popular. Particularmente, todos precisamos de uma pausa da pedalada porque estamos cansados. E todos sabemos que pedalar cansado pode originar …

Continue lendo Dia de pausa

Porque odeia o enlatado – parte I

Recentemente, culminou uma mini-série de seis documentários no Cánau Dizcóveri (que lido em português correcto, ao contrário do estranho sotaque televisivo, será algo como Canal Discovery), que muito aprouve ao casal Velopata (à hora de emissão, o Velopatazinho já simulava rolos de treino no Vale dos Lençóis, ainda assim é firme convicção velopática que chegando …

Continue lendo Porque odeia o enlatado – parte I

Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

- Tenho quase a certeza, a subida para a Torre pela Covilhã está fechada ao trânsito hoje. A dura realidade das palavras proferidas pela Senhora do Hotel atingia Velopata e Agente da Autoridade Anónimo (AAA), com a potência de um soco no estômago, faces torcidas em esgares que qualquer transeunte connoisseur o identificaria - aquela …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

Sexénio

Recentemente, um artigo publicado por um importante sítio de referência velointernético captou a atenção velopática, apresentando uma nova teoria para discussão em sede de consertação social velocipédica - a teoria dos seis anos. (Nota velopatóide: se os mui queridos leitores vinham aqui procurando badalhoquice, fruto das iniciais do título desta publicação; S, E e X, podem ir tirando …

Continue lendo Sexénio

Divisão Velopata – O amuo de Fevereiro, mata o carocheiro

Mandar vir. Do latim, mando are. Verbo transitivo que significa; dar ordens a, dar a ordem de, ordenar, exigir, governar ou reger. in Diccionário Priberam de Língua Portuguesa. Este é o mote para a habitual dissertação velopática em antes de mais uma análise à prestação dos membros dessa grandiosa elite strávica que é a Divisão Velopata, durante o transacto mês de …

Continue lendo Divisão Velopata – O amuo de Fevereiro, mata o carocheiro

Divisão Velopata – Para encarochar, deixa Setembro acabar

O ocaso velocipédico. Se o mês de Nosso Senhor Joaquim Agostinho de Setembro algo significa para um Velopata, mais não é que o início do ocaso velocipédico. Os dias começam a encurtar, o calor bom esfuma-se (lembrem-se que moçes de compleição física a roçar o etíope bulímico-anoréctico, como é o caso deste vosso companheiro, palhaço …

Continue lendo Divisão Velopata – Para encarochar, deixa Setembro acabar