Escarade que nem um pórqe!

RRRRRRRRRR... O Velopata acordou como se está a tornar habitual; cócegas no ouvido dos bigodes da sua gata que teima em ronronar encostada à cabeça, sempre uma a duas horas antes do alarme tocar.  Mas esta madrugada algo estava diferente. A cabeça do Velopata sentia-se pesada tal como o estômago. "Deve ser culpa da Dona Ermelinda. E …

Continue lendo Escarade que nem um pórqe!