Em terra de enlatado, quem tem Jerrican é Rei

- Onde é que estás? - do outro lado do telefone esperto, a voz da Srª Velopata transparecia preocupação. - Uai? Em que outro local ele poderia estar? No Supermercado! - O que é que estás a fazer no Supermercado? Deixei-te em casa febril, às portas da morte e ai, ui vou morrer. Chego do …

Continue lendo Em terra de enlatado, quem tem Jerrican é Rei

A Bala Vermelha

"Se eu tivesse uma Bicicleta destas não precisava comer bifes." El Dopalero, ex-Ciclista profissional "Com uma Bicicleta deste nível, nem precisaria da minha bombinha de asma para vencer." Froomster, Ciclista profissional da Team Sky Pro Cycling "Já pedi à Specialized uma Bicicleta semelhante mas eles não conseguem produzir uma com esta rigidez ou aerodinamismo." Lord …

Continue lendo A Bala Vermelha

Consultório Sentimental Velopático

No decurso dos já quase dois anos de existência deste espaço de referência velocibernético, um abundante número de mui queridos leitores (é impossível um Velopata conseguir precisar os números correctos por entre os milhares de milhões), tem aproveitado toda a sabedoria, experiência, magnificiência e coiso deste vosso companheiro, palhaço e amigo do duro circo que é a vida …

Continue lendo Consultório Sentimental Velopático

Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Se palavra existe que descreve o que foi este mês de Julho no seio da elite velocipédica do mais grandioso clube strávico que é a Divisão Velopata, essa palavra é... Revelação. Desde a revelação da existência de mais um marafado por terras de Sua Majestade Brexitiana, que com alergias e asma e maleitas e doenças é capaz …

Continue lendo Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado

Fevereiro é o mês do nirvana velocipédico no reino do Algarve. Ou Allgarve. Ou Hellgarve, de acordo com as sensações nas pernas de alguns. Para além da presença de alguma elite ressabiada do pelotão profissional World Tour nas nossas estradas com a Volta ao Algarve (eficazmente coberta pelo Velopata aqui), há espaço para mais três eventos de ciclismo …

Continue lendo Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado

Os Dez Mandamentos Velocipédicos – versão urbana

Foi encontrado morto em sua casa. A Jardim da Escócia (Scotland Yard, em cámone), tomou conta do ocorrido, registando o óbito a 5 de Novembro do Ano de Sua Ainda-Desconhecida e Futura Santidade Joaquim Agostinho de 1922. Lorde Carvanon, um reconhecido antropofilíaco obstinado com relíquias egípcias, batia a bota. Atónitos com a macabra cena que presenciaram ao …

Continue lendo Os Dez Mandamentos Velocipédicos – versão urbana

A Odisseia Algarvia 2017: A Maldição da Figueira – parte II

De estômagos carregados de fatias douradas e pastéis de nata, hidratados com limonada fresquinha e excitados com cafeína, também ela fresquinha, com a motivação ao rubro pela carta da queridíssima Lioness of Porches, a horda velopática deixou o Germano Biciarte Café para trás, lançando-se em direção ao IC1. Um Itinerário Complementar, no vulgo IC, designa …

Continue lendo A Odisseia Algarvia 2017: A Maldição da Figueira – parte II

A Odisseia Algarvia 2017 – Actualização

O Velopata está tão contente que nem sentar-se sobre um acolchoado selim Brooks, montado no topo de um confortável espigão de selim mais próprio para pasteleiras do que máquinas de corrida aero, é capaz. Não porque tenha treinado com tanto afinco que adquiriu um terceiro testículo, mas sim porque as novidades em relação à MTE, …

Continue lendo A Odisseia Algarvia 2017 – Actualização