Um conto de arrepiar

Tómané acordou como em tantos outros fins de semana acordara; tomou um pequeno-almoço suficiente para fazer marchar toda uma legião romana e... - Ó Velopata, ma´ que raios de maneira de começar um conto é essa? - reclamará o mui querido e cheio de razão leitor. Era uma vez. Assim é que é. Era uma …

Continue lendo Um conto de arrepiar

A tomada da Mítica EN2 – parte III

Tendes a certeza que aquilo são relâmpagos? O Velopata questionava o Agente da Autoridade Anónimo numa extenuante luta entre conseguir injectar golfadas de precioso oxigénio nos pulmões tentando não bolsar quiçá até regurgitar as anteriores opções alimentares proporcionadas pela visita ao McDonald´s biseuense forrada pelas sobremesas gentilmente fornecidas por Professor Carochas, no decurso de uma excruciante subida para Fail, incontornável …

Continue lendo A tomada da Mítica EN2 – parte III

Os Mandamentos Velocipédicos

Esta é uma história que inicia com uma tempestade daquelas de fazer Harveys, Katrinas, Irmas e Ophelias parecerem uma pedalada na ciclovia. Ciclovia holandesa, claro está, pois pedalar na maioria das ciclovias deste país à beira-mar plantado é uma aventura per se. Segundo os registos dos historiadores, os acontecimentos que o Velopara a seguir descreve terão …

Continue lendo Os Mandamentos Velocipédicos