Divisão Velopata – Para encarochar, deixa Setembro acabar

O ocaso velocipédico. Se o mês de Nosso Senhor Joaquim Agostinho de Setembro algo significa para um Velopata, mais não é que o início do ocaso velocipédico. Os dias começam a encurtar, o calor bom esfuma-se (lembrem-se que moçes de compleição física a roçar o etíope bulímico-anoréctico, como é o caso deste vosso companheiro, palhaço …

Continue lendo Divisão Velopata – Para encarochar, deixa Setembro acabar

O Passeio do Dia Europeu Sem Car… Ca… Enlatados

  I started a joke, which started the whole world laughing cycling; But I didn´t see that the joke was on me. por The Bee Gees in I Started a Joke   Finalmente terminado o bloco de textos ligados à Cicloperegrinação, sempre alternando com as classificações mensais do mais grandioso clube strávico que é a Divisão Velopata, que melhor …

Continue lendo O Passeio do Dia Europeu Sem Car… Ca… Enlatados

Uma questão de pêlo

"Aaaaaiiiii! Socorro!" - gritou a Srª Velopata a uma frequência cardíaca que nem ela sabia ser capaz. Prostados no sofá diante da televisão que ainda não é smart, o Velopata partilhava com o seu mais-que-tudo rebento Velopatazinho ternurentos momentos com os ensinamentos teóricos munidos de exemplos práticos necessários a vencer uma prova World Tour do grandioso nível que …

Continue lendo Uma questão de pêlo

Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado

Fevereiro é o mês do nirvana velocipédico no reino do Algarve. Ou Allgarve. Ou Hellgarve, de acordo com as sensações nas pernas de alguns. Para além da presença de alguma elite ressabiada do pelotão profissional World Tour nas nossas estradas com a Volta ao Algarve (eficazmente coberta pelo Velopata aqui), há espaço para mais três eventos de ciclismo …

Continue lendo Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado

Os Dez Mandamentos Velocipédicos – versão urbana

Foi encontrado morto em sua casa. A Jardim da Escócia (Scotland Yard, em cámone), tomou conta do ocorrido, registando o óbito a 5 de Novembro do Ano de Sua Ainda-Desconhecida e Futura Santidade Joaquim Agostinho de 1922. Lorde Carvanon, um reconhecido antropofilíaco obstinado com relíquias egípcias, batia a bota. Atónitos com a macabra cena que presenciaram ao …

Continue lendo Os Dez Mandamentos Velocipédicos – versão urbana

Eu continuo a não estar aqui. Isto continua a não acontecer.

O trio Velopata, Srª Velopata e Velopatazinho passeava pela capital algarvia do desenfreado consumo e capitalismo sem lei que é o Fórum Algarve, quando a Srª Velopata decidiu levar o Velopatazinho até uma de entre as muitas lojas de roupa para fêmeas, mais ou menos machos e infantes, conseguindo o Velopata escapulir-se para uma dose …

Continue lendo Eu continuo a não estar aqui. Isto continua a não acontecer.