Days of Isolamento

Surrendered to self preservation, From others who care for themselves, A blindness that touches perfection, But hurts just like anything else, Isolation, isolation, isolation. Mother I tried please believe me, I´m doing the best that I can. I´m ashamed of the things I´ve been put through, I´m ashamed of the person I am. Isolation, isolation, …

Continue lendo Days of Isolamento

Euvelonásia

- Tu já me viste isto? A voz da Srª Velopata exalava indignação por entre as voluptosas garfadas no gratinado de courgette e cogumelos preparado em antes pelo Velopata, como habitualmente sempre confeccionado com elevadas doses de muito amor e carinho mas agora ainda em mais porque está aí a Volta ao Algarve e todas as ajudas à …

Continue lendo Euvelonásia

Edição Especial – Um Conto Natalício

Há muito, muito tempo atrás... Aliás, há tanto tempo atrás que já ninguém neste Terceiro Calhau a contar do Sol se alembra da data, numa longínqua cidade belga cujo nome é tão difícil de pronunciar que também já vivalma consegue alembrar-se onde foi, era uma vez um petiz de nome Eddy. Eddy era orfão, sendo sua …

Continue lendo Edição Especial – Um Conto Natalício

Uma Escapadela Altimétrica – parte II

O Velopata comandava a Estrela Vermelha serra acima, a Torre já iminente no horizonte. O nosso querido astro brilhava pleno no alto mas a Temperatura não era sufocante. O eterno inimigo vento frontal, fraco ou ausente, sintoma de que a rameira do São Pedro ainda devia dormitar. R.p.m após r.p.m., o Velopata aproximava-se do objectivo de …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – parte II

Consultório Sentimental Velopático

No decurso dos já quase dois anos de existência deste espaço de referência velocibernético, um abundante número de mui queridos leitores (é impossível um Velopata conseguir precisar os números correctos por entre os milhares de milhões), tem aproveitado toda a sabedoria, experiência, magnificiência e coiso deste vosso companheiro, palhaço e amigo do duro circo que é a vida …

Continue lendo Consultório Sentimental Velopático

Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado

Fevereiro é o mês do nirvana velocipédico no reino do Algarve. Ou Allgarve. Ou Hellgarve, de acordo com as sensações nas pernas de alguns. Para além da presença de alguma elite ressabiada do pelotão profissional World Tour nas nossas estradas com a Volta ao Algarve (eficazmente coberta pelo Velopata aqui), há espaço para mais três eventos de ciclismo …

Continue lendo Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado

Divisão Velopata – Janeiro tem uma carocha por inteiro

O Velopata trabalhava em sintonia, através de uma vídeo-conferência com reputados cientistas, técnicos, investigadores e pensadores das mais grandes e prestigiadas Universidades deste planeta, nos complicados cálculos físico-quântico-químico-aritméticos do grandioso clube do Strava que é a Divisão Velopata, quando o ícone de um novo comentário publicado no feed facebookiano lhe captou a atenção. Clicando naquele botãozinho, nada podia …

Continue lendo Divisão Velopata – Janeiro tem uma carocha por inteiro

Chave Dicotómica para identificação de clientes de lojas velocipédicas – Parte II

Esse Natal, época festiva que à semelhança de outras é velocipédicamente cognominada de época de engorda, foi bom? Muitas prendas boas no sapatinho de encaixe? Mimaram as vossas máquinas, fiéis montadas, corcéis de carbono de alto módulo? Claro que sim, o Velopata nem espera outra coisa de quem gasta o seu precioso tempo neste nosso …

Continue lendo Chave Dicotómica para identificação de clientes de lojas velocipédicas – Parte II