Uma Escapadela Altimétrica – parte II

O Velopata comandava a Estrela Vermelha serra acima, a Torre já iminente no horizonte. O nosso querido astro brilhava pleno no alto mas a Temperatura não era sufocante. O eterno inimigo vento frontal, fraco ou ausente, sintoma de que a rameira do São Pedro ainda devia dormitar. R.p.m após r.p.m., o Velopata aproximava-se do objectivo de …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – parte II

Anúncios

A indumentária mais linda

Jovem; Se tens mais de três anos de idade, já tiveste piolhos, sarampo e papeira, gostas de pedalar, sabes mexer nas coisas da internet, tens um contrato de trabalho estável (se bem que eirios auferidos por Ciclistas a Recibos Verdes também são bem-vindos), e tens acesso a um cartão multibanco com plafond suficiente, não percas …

Continue lendo A indumentária mais linda

A tomada da Mítica EN2 – parte III

Tendes a certeza que aquilo são relâmpagos? O Velopata questionava o Agente da Autoridade Anónimo numa extenuante luta entre conseguir injectar golfadas de precioso oxigénio nos pulmões tentando não bolsar quiçá até regurgitar as anteriores opções alimentares proporcionadas pela visita ao McDonald´s biseuense forrada pelas sobremesas gentilmente fornecidas por Professor Carochas, no decurso de uma excruciante subida para Fail, incontornável …

Continue lendo A tomada da Mítica EN2 – parte III

Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Se palavra existe que descreve o que foi este mês de Julho no seio da elite velocipédica do mais grandioso clube strávico que é a Divisão Velopata, essa palavra é... Revelação. Desde a revelação da existência de mais um marafado por terras de Sua Majestade Brexitiana, que com alergias e asma e maleitas e doenças é capaz …

Continue lendo Divisão Velopata – A carocha de Julho, no alcatrão não faz barulho

Divisão Velopata – A carocha, Maio a dá e Maio a leva

Parcas letras e palavras que se materializam na tela branca do monitor que logo de seguida são obliteradas para todo o sempre. Não servem, nunca estão boas o suficiente. Um cérebro que teima em não desenvolver, como um cubo de rodas Shimano R500 que, para além de extremamente fraquinhas, já calcorrearam muitos quilómetros. Os esguios …

Continue lendo Divisão Velopata – A carocha, Maio a dá e Maio a leva

Divisão Velopata – Em Abril cada carocha dá mil

"Desisti porque comecei a sentir-me cansado." "Uai, como é que é?" "Sim, não estava a correr muito bem e depois comecei a sentir cansaço e achei melhor desistir." Foi com estas blasfemas palavras proferidas por trás do balcão da loja de especialidade velocipédica no Centro do Universo Velopático Conhecido que Lagartixa, aquele que por este …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Abril cada carocha dá mil