Desbridamento

"Aaaaaiiiiii!" - esganiçadamente berrou o Velopata a plena capacidade pulmonar, superior à utilizada durante a mítica subida ao Alto do Malhão. "Não sejas maricas. Está quieto." - retorquiu a Srª Velopata. "Ele está quieto." "Então não grites que o teu filho está a dormir." "Mas como queres que ele não grite se estás aí a …

Continue lendo Desbridamento

Pedido de desculpa velopático

"Grande é a poesia, a bondade e as danças... Mas o melhor do mundo são as crianças." Liberdade, por Fernando Pessoa in Cancioneiro   O Velopata pensou muito e chegou a uma de duas possíveis conclusões; ou no dia em que escreveu o poema acima o ópio que fumou já se encontrava fora de prazo ou, num dos …

Continue lendo Pedido de desculpa velopático