Em Outubro, Cóvides tudo

Em antes de arrancar com mais um arranhar de teclas dedicado à nobre elite strávica que é a Divisão Velopata, ele (o Velopata), sente que é importante deixar aqui uma nota - não deveis esquecer que ele (o Velopata), é licenciado em Biologia (com boas notas e tudo!), logo... Até tem umas noçõezitas de Virologia …

Continue lendo Em Outubro, Cóvides tudo

Divisão Velopata – Em Setembro pedala, encarocha e empena, que é mês para tudo

É curioso como com tudo isto da telelabuta, um bicho humano como o Velopata até se esquece como é o quotidiano da urbe. Por exemplo; o Velopata seguia a penantes e com o Velopatazinho às cavalitas por uma ruela onde o passeio naquela fofinha calçada portuguesa era de uma largura inferior a "estreito", quando um …

Continue lendo Divisão Velopata – Em Setembro pedala, encarocha e empena, que é mês para tudo

Aquela publicação de Revelhão

Sempre que o Velopata ou seu heterómónimócoiso com alguém troca impressões sobre a possível colaboração numa prazerosa pedalada, três importantes questões sempre se alevantam; - Que ritmo? - Quanto é que isso tem de Acumulado? - Quantos quilómetros? Ao que invariavelmente, e conhecendo o mui querido leitor a honestidade velopática, a resposta não varia muito; - No …

Continue lendo Aquela publicação de Revelhão

Divisão Velopata – Se queres ver o Pelotão morto, dá-lhe carochas em Agosto

- NEM PENSES! A Srª Velopata berrava na direcção do Velopata em modo full Caps Lock e na FTPmax. - Nem penses que vou enfiar-me outra vez nas filas do supermercado porque tu estás convencido que a cerveja vai acabar! - continuou. - Mas não viste as notícias? Segunda-feira começa novamente a greve dos motoristas …

Continue lendo Divisão Velopata – Se queres ver o Pelotão morto, dá-lhe carochas em Agosto

Uma Escapadela Altimétrica – finalmente, o Capítulo Final

- Estás bem? - Não. Ele sente-se que nem um esfregão da louça esquecido ao Sol durante vários dias. -  Pois, costumas subir melhor... - Cada centímetro que ele subiu foi como tentar espremer um litro de água desse esfregão da louça ressequido.   No cume do topo mais em alto de Portugal Continental, a mítica Torre, …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – finalmente, o Capítulo Final

Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

- Tenho quase a certeza, a subida para a Torre pela Covilhã está fechada ao trânsito hoje. A dura realidade das palavras proferidas pela Senhora do Hotel atingia Velopata e Agente da Autoridade Anónimo (AAA), com a potência de um soco no estômago, faces torcidas em esgares que qualquer transeunte connoisseur o identificaria - aquela …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

Divisão Velopata – O amuo de Fevereiro, mata o carocheiro

Mandar vir. Do latim, mando are. Verbo transitivo que significa; dar ordens a, dar a ordem de, ordenar, exigir, governar ou reger. in Diccionário Priberam de Língua Portuguesa. Este é o mote para a habitual dissertação velopática em antes de mais uma análise à prestação dos membros dessa grandiosa elite strávica que é a Divisão Velopata, durante o transacto mês de …

Continue lendo Divisão Velopata – O amuo de Fevereiro, mata o carocheiro