Divisão Velopata – A Corona de Março e o Covid de Abril, Maio vil?

- Por favor, mantenham-se em casa. Se necessitar sair, siga as recomendações da Direcção Geral de Saúde.   O som das colunas equipando o enlatado civil que circulava pelas imediações do bairro velopático matraqueou o som do televisor alembrando tudo e todos das indicações do Governo quanto ao vigente Estado de Emergência. De sua sacada, o …

Continue lendo Divisão Velopata – A Corona de Março e o Covid de Abril, Maio vil?

Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

- Tenho quase a certeza, a subida para a Torre pela Covilhã está fechada ao trânsito hoje. A dura realidade das palavras proferidas pela Senhora do Hotel atingia Velopata e Agente da Autoridade Anónimo (AAA), com a potência de um soco no estômago, faces torcidas em esgares que qualquer transeunte connoisseur o identificaria - aquela …

Continue lendo Uma Escapadela Altimétrica – a primeira parte do Capítulo Final

Divisão Velopata – Outubro quente traz a carocha no ventre

Epá, ó Velopata, isso da tua aventura da Estrada Nacional 2 foi muito bonito e tal, tu e o Agente da Autoridade Anónimo tiveram muito azar e coiso mas... Onde estão as grandiosas classificações do ainda mais grandioso clube strávico que é a Divisão Velopata referentes a Outubro? - certamente esta tem sido a questão que tem ocupado …

Continue lendo Divisão Velopata – Outubro quente traz a carocha no ventre

Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado

Fevereiro é o mês do nirvana velocipédico no reino do Algarve. Ou Allgarve. Ou Hellgarve, de acordo com as sensações nas pernas de alguns. Para além da presença de alguma elite ressabiada do pelotão profissional World Tour nas nossas estradas com a Volta ao Algarve (eficazmente coberta pelo Velopata aqui), há espaço para mais três eventos de ciclismo …

Continue lendo Divisão Velopata – Ao Fevereiro e ao ciclista perdoa tudo quanto faz, se Fevereiro não for ressabiado nem o ciclista encarochado