Divisão Velopata – A Quarentena de Fevereiro empena o Carocheiro

AVISO! ESE BLOG (OU BLOGUE), E A  DIVISÃO VELOPATA ESTÃO SOB QUARENTENA POR SUSPEITAS DE COVID-19. (ou pelo menos, o autor não o quer contraír) É FAVOR FECHAR ESTA PÁGINA, LAVAR AS MÃOS COM ABUNDANTE ÁGUA CORRENTE E DESINFECTAR TUDO COM SHOTS DE MEDRONHO. O mui querido leitor não s´acardita que esse falgelo social que está a ser este …

Continue lendo Divisão Velopata – A Quarentena de Fevereiro empena o Carocheiro

Presos No Estrangeiro (lá de fora) – a versão velocipédica

A segunda edição do Tour dos Emirados Árabes Unidos, UAE Tour em cámone, uma daquelas provas que permite comprovar o quanto os líderes da elite velocipédica mundial se preocupam com Tradição (todos conhecem o amor dos árabes por Bicicletas em detrimento de enlatados de alta cilindrada e camelos, sendo a palavra "camelo" aqui utilizada sem …

Continue lendo Presos No Estrangeiro (lá de fora) – a versão velocipédica

Divisão Velopata – Se queres ser bom Carocheiro, empena no crescente de Janeiro

Se o Velopata fosse cardíacofilíaco, jamais ele teria sobrevivido ao transacto mês de Janeiro do ano de Nosso Senhor Joaquim Agostinho de dois mil e vinte. Olhando para trás como quem olha mesmo para trás, toda esta catadupa de acontecimentos aponta sua origem no Parlamento Português, aquando da votação para condenar ou não (porque óbviamente existem …

Continue lendo Divisão Velopata – Se queres ser bom Carocheiro, empena no crescente de Janeiro

A influência do Influenza

- Ó Velopata! Estás bem? Faz dias e dias que nada publicas neste nosso acarinhado espaço de referência velointernética, não enches nossos feeds strávicos com os teus commutes e nem um bom fim de ano desejastesss aos teus seguidores... Que se passa? Esta foi a pergunta que vós, queridos milhares de milhões de seguidores, não …

Continue lendo A influência do Influenza

Aquela publicação de Revelhão

Sempre que o Velopata ou seu heterómónimócoiso com alguém troca impressões sobre a possível colaboração numa prazerosa pedalada, três importantes questões sempre se alevantam; - Que ritmo? - Quanto é que isso tem de Acumulado? - Quantos quilómetros? Ao que invariavelmente, e conhecendo o mui querido leitor a honestidade velopática, a resposta não varia muito; - No …

Continue lendo Aquela publicação de Revelhão