Este país não é para… ebikecoisas

Bicicleta. Substantivo feminino. Do avec, bicyclette. Velocípede de duas rodas com igual diâmetro, propulsionado pela força do operador ao accionar um sistema de pedais que actua sobre uma corrente. Mais ou menos in Diccionário Priberam da Língua Portuguesa.   Inicialmente, o Velopata acarditou que os seus bonitos olhos castanho-esverdeados o traíam. Depois foi inundado com aquela sensação …

Continue lendo Este país não é para… ebikecoisas

Boicote 365

Boicote. Substantivo masculino, criado para descrever as acções de um sem número de arrendatários de um tal de Charles C. Boycott, que na Irlanda do século XIX, se recusaram a trabalhar devido à severidade e exigências desmedidas deste Lorde que, certamente, era facho. Pode ser utilizado como verbo transitivo, onde adquire o significado de recusa …

Continue lendo Boicote 365

Carta aberta ao M.A.I.

O anúncio foi feito com toda a pompa e circunstância a que semelhante decisão governativa obrigava; tendo em conta o número de acidentes graves, acidentes menos graves, colisões, cacetadas, porradas, atropelamentos, caos generalizado e evidências de uma mortandade geral nas estradas portuguesas, o M.A.I. (Ministério da Administração Interna), apresentou uma nova proposta de lei que …

Continue lendo Carta aberta ao M.A.I.

Eu continuo a não estar aqui. Isto continua a não acontecer.

O trio Velopata, Srª Velopata e Velopatazinho passeava pela capital algarvia do desenfreado consumo e capitalismo sem lei que é o Fórum Algarve, quando a Srª Velopata decidiu levar o Velopatazinho até uma de entre as muitas lojas de roupa para fêmeas, mais ou menos machos e infantes, conseguindo o Velopata escapulir-se para uma dose …

Continue lendo Eu continuo a não estar aqui. Isto continua a não acontecer.

Eu não estou aqui. Isto não está a acontecer.

I´m not here. This isn´t happening. Thom Yorke dos Radiohead in How to Disappear Completely, álbum Kid A   666. Diz a cultura apostólica evangelista católica greco-romana coiso (e também berravam esganiçadamente os Iron Maiden), que seiscentos e sessenta e seis é o número da Besta. Como o mui querido leitor por esta hora já estará farto de saber, …

Continue lendo Eu não estou aqui. Isto não está a acontecer.

“As meninas à volta do pódio…” – já cantava o Paulo de Carvalho

"Durante o Tour, para os raros momentos livres, o importante é levar preservativos. Nunca se sabe onde vão pernoitar as meninas do pódio." Jan Bakelants, ciclista profissional da AG2R-La Mondiale   Pois é queridos leitores, amigos, fãs e coiso que buscam a iluminação velocipédica neste alucinado recanto internético, a barraca está novamente armada, com recurso …

Continue lendo “As meninas à volta do pódio…” – já cantava o Paulo de Carvalho

Porquê Velozes? Porquê Furiosos?

Um extenuante dia lá onde ele afincadamente trabalha. Obviamente que o Velopata não podia simplesmente regressar a casa após tantas horas encafuado em frente a um pc, assim sendo, decidiu dar uma voltita às lindas pernas, acompanhado da sua single speed Brownie, atravessando a cicloviocoisa de Faro até ao perímetro exterior da cidade, para só depois regressar ao …

Continue lendo Porquê Velozes? Porquê Furiosos?

O problema da(s) espécie(s)

Parece existir um novo desporto em Portugal. Ainda não foi oficialmente reconhecido, nem baptizado com nomenclatura pomposa e um sufixo "ing", tipo "cycleatropellating", mas na sua essência consiste em atropelar e assassinar ciclistas para depois explodir em comentários raivosos sobre os referidos adeptos das duas rodas sem motor e no facto de estes não cumprirem …

Continue lendo O problema da(s) espécie(s)