Divisão Velopata – Quando Maio chegar, é preciso encarochar

O quinto mês de Maio deste ano de Nosso Senhor Joaquim Agostinho de 2020 trouxe o regresso da labuta velopatóide aos complicados cálculos físico-químico-quânticos do maior clube strávico que há memória, a Divisão Velopata, fruto da transformação do Estado de Emergência em Estado de Calamidade acompanhando o fim do Isolamento Social e regresso à normalidade.

Ou… Regresso à Anormalidade?

“Não sabia que era possível empilhar merda tão alto!” vociferava Sargento Hartman.

Isto é mais ou menos o que o Velopata sente que seria escrever sobre as efemérides de Maio deste ano de Nosso Senhor Joaquim Agostinho de 2020.

Empilhar mais merda por cima de muita merda.

Enquanto Trumps e Bolsonaros parecem entretidos com a limpeza das camadas sociais mais baixas ao Cornovírus, por estes lados do Atlântico, divertem-se com a hipócrita gestão de que normalidades podem regressar à actividade enquanto lentamente pequenas liberdades nos são retiradas e pior… A malta aplaude. E não apenas os Chegófilos.

Se s´acarditaram que o échetégue #vaificartudobem era este lento marasmo enquanto regressamos à era Pré-Covid… Então #vaificatudomal.

Aliás, o Velopata até arrisca que #vaificartudoumabelamerda.

Um bicho humano, à partida, deseja que sua progenia viva num mundo melhor que o vivido.

Um Terceiro Calhau a contar do Sol mais justo, mais equitativo.

Não é esta pôrra com ainda em mais máscaras por todo o lado.

Desejas que tua progenia tenha acesso a melhor Saúde, melhor Educação.

O que o conavírus veio estralhaçar, cada vez mais começa a parecer que foram todos estes estados sociais. Os amaricanos já extravasam o choque de classes.

E de África? Das tribos em regiões remotas? Dos campos de regugiados?

Que mais estralhaça o coronovírus?

Uma merda é o que é.

 

Deixemos isso para trás.

Aproveitar este espaço para empilhar merda não vale a pena.

Vamos às Carochas.

Se há palavra velocipédicamente associada ao Desconfinamento Social, só pode ser uma – Carocha.

Empilhadas a monte.

Como vaiam ler em seguida, com o término do Isolamento Social isto foi deslargar carocha atrás de carocha como quem deslarga carocha atrás de carocha mesmo.

Jersey Papa-Quilómetros

1º Giuseppe Anconelli – 2470,3 Km

2º Professor Carochas – 2438,4 Km

3º Frinxas él Térribelé ® – 2374 Km

Isto podia muito bem ser Os Quatro Cavaleiros do Apócalipse Tibial na sua contenda pela alarvidade quilométrica, não obstante a ausência do outro suspeito do costume, Placas, ausente do pódio por escassa diferença.

Em tudo idêntico à distante Era-Pré-Covid-19.

Jersey Carapau de Corrida

1º David Belo BikeSul – 33,1 Km/h

2º  Paulo Rodrigues – 32,6 Km/h

3º Bruno Domingos – 32,6 Km/h

Duas novidades na acelerada contenda strávica – David Belo BikeSul e Bruno Domingos intrometem-se nos reinos da pedalada ressabiada.

Como em muitas outras ocasiões, aguarde-se para ouvistar como vaiam evoluir, ou não terá isto sido mais um caso de A Ressabiated Lapse of Reason, como cantavam os Pink Floyd.

divisaovelopata-maio2020-davidbelo
David Belo BikeSul em acção no último Algarve Bike Challenge na distante Era-Pré-Covid-19.

Como nota, o Velopata confessa que s´acardita ser estranho não ter ouvistado o estreante Bruno Domingos em mais vezes neste acelerado pódio – atentai como quem atenta mesmo na sua Arma de Destruição Massiva de Pernas;

divisaovelopata-maio2020-brunodomingos
Classe e bom gosto em Bruno Domingos.

Jersey Cabra da Montanha

1º Professor Carochas – 36714 m

2º Frinxas él Térribelé ® – 29147 m

3º Giuseppe Anconelli – 21784 m

À semelhança da contenda quilométrica, também aqui ouvistamos os habituais Quatro Cavaleiros do Apócalipse Gravitacional, novamente Placas de fora por ligeira diferença… Pulmonar.

Jersey Alucinado Diário

1º Fernando Coelho – 54 R.S.

2º Frinxas él Térribelé ® – 50 R.S.

3º Paulo Almeida – 40 R.S.

Ouvistar um dos acelerados Coelhos, neste caso o Fernando, amostrar toda sua poliglotofilia na distribuição de carochedo em todos os pódios é bom sinal, no entanto, o Velopata acardita-se que os merecidos destaques devem ser dados ao nosso Ciclista Marca Registada, Frinxas, bem como o habitué Paulo Almeida.

Ambos os dois não reduziram ou aumentaram suas pedaladas durante o estado pandémico.

Também não se lançaram em inúmeras e longas sessões de auto-mutilação nos rolos.

Frinxas él Térribelé ® e Paulo Almeida são dois dos melhores exemplos do que a Divisão Velopata tem de melhor. De Altruísta. De Ciclista.

A ambos os dois foi pedido que continuassem labutando como quem labuta mesmo durante o estado pandémico.

E eles lá o fizeram.

Sem KOM´s, sem alaridos.

Que fique aqui registado o respeito velopático por estes dois campeões.

Com um respeito ainda em mais maior para Paulo Almeida que labuta como quem labuta mesmo, algures no nosso Sistema de Saúde.

Amén.

divisaovelopata-maio2020-finxas
Frinxas él Térribelé ® no local da há muito equacionada peregrinação velopatóide – o Monte da Farinha.
divisaovelopata-maio2020-pauloalmeida
Ovação de pé para Paulo Almeida.

Jersey Melhor Batráquio

1º O Senhor Triatlo – 1543,9 Km

2º Comandante Batráquio – 1124,5 Km

3ª Malévola Máquina Anfíbia – 962,4 Km

Nos anfíbios meandros do nosso mui acarinhado clube, uma classificação que o Velopata já esperava – O Senhor Triatlo comanda o nenúfar, Comandante Batráquio encontra-se aos comandos de um novo Avião e uma pedalada partilhada com Malévola Máquina Anfíbia anteveu muita quilometragem.

Muita quilometragem para um exemplar batráquio entenda-se.

divisaovelopata-maio2020-comandantebatraquio
O novo Avião pilotado por Comandante Batráquio.
divisaovelopata-maio2020-leniagamito
M.M.A. regressa aos pódios da Divisão Velopata.

Jersey Lanterna Vermelha

Mad Fontinhas

Mantendo a publicação em águas turvas, enquanto a Pandemia aparenta estar em banho-maria, não é que não tenha feito suas vítimas por entre a brava elite da Divisão Velopata – parecendo ser o caso de Mad Fontinhas, Batráquia de referência cuja presença strávica parece ter-se eclipsado.

Jersey Melhor Macho Ressabiado

1º Frinxas él Térribelé ®

2º Professor Carochas

3º Giuseppe Anconelli

Pódio muito semelhante a tantos outros já ouvistados.

Haverá os que discordam mas apenas porque esqueceis o que o Velopata jamais cansará escrever – isso é assunto para resolver no alcatrão, trilhos e gravel e coiso.

Jersey Melhor Fêmea Ressabiada

1ª Benedita Martins

2ª Malévola Máquina Anfíbia

3ª A Senhora das Águas

Uma das grandes surpresas da Era-Pós-Covid-19, a rompante entrada de uma fêmea devoradora de quilómetros; Benedita Martins.

divisaovelopata-maio2020-beneditamartins
Benedita Martins durante uma edição privada do famigerado Tróiapocalipse, aqui feita de maneira inteligente, em Maio deste ano de Nosso Senhor Joaquim Agostinho de 2020, longe da carnificina da data oficial.
divisaovelopata-maio2020-beneditamartins1
M.M.A. também fez parte desta aventura que podia muito bem ser a Crazy Ride do mês.

Destaque ainda para o que promete ser um regresso aos pódios dA Senhora das Águas.

Verdade seja escrita, até choveu bastante durante a fase do Isolamento Social.

Há muita humidade.

É normal ver o Batraquiame mais activo.

Jersey Crazy Ride

Hélder Lourenço + João MigNeto – 300 Km

Na última publicação dedicada a nosso mui acarinhado clube, o Velopata referiu que O Pinto havia completado um Everesting Virtual Solidário durante o Isolamento Social, felicitando semelhante iniciativa.

Acontece que naquele dia, também Mr. Sock se encontrava predisposto a uma sessão de sabe-se-lá-quantas-horas de mutilação auto-infligida nos rolos.

divisaovelopata-maio2020-mrsock
Isto enquadrava-se plenamente na publicidade de uma campanha anti-ciclismo.

Ovação de pé para Mr. Sock.

Entre o pelotão strávico da Divisão Velopata, aqueles houve que não perderam tempo a lançar-se à estrada para um sem-número de Crazy Rides que nem todo o poder de sacrifício dos colaboradores a Recibos Verdes em léiófe dos complicados cálculos velopáticos permitiu acompanhar.

Destaque assim para aqueles que se atreveram ao Empenão.

divisaovelopata-maio2020-helderjoao1

divisaovelopata-maio2020-helderjoao
Hélder Lourenço (à esq.), e João MigNeto (à outra esq.), na em mais épica pedalada do mês.

O Velopata nem quer imaginar o que seria dos seus 5 (5!), quilogramas de lastro extra e má condição física generalizada numa desconfinadela assim.

Ovação de pé para ambos os dois.

 

Vaiamos então aguardar para ouvistar se temos ou não uma segunda vaga pandémica.

Vaiamos então aguardar para ouvistar se isto #vaificartudoumabelamerda ou não.

 

Como habitual; dúvidas, reclamações e sugestões podem e devem ser enviadas para;

todaaverdade@vacinacovid5G.cn.gov.br

 

Abraços (à segura distância higiénica), velocipédicos,

Velopata

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s